Marlene Zanghelini Altini [1]

 

RESUMO

Este artigo tem por objetivo descrever sobre o conceito e a importância do orçamento empresarial como tomada de decisão dentro das organizações.

Palavras-chave: Orçamento. Gestão. Decisão. Análise.

1 INTRODUÇÃO

O orçamento existe desde que o homem utilizava a caça para sobreviver, pois precisava “antecipar” aquilo que era necessário para sua subsistência por determinado período.

Com o passar do tempo, as empresas foram surgindo e viu-se a necessidade de controles mais eficazes para as previsões de receitas, despesas e investimentos. Porém, com todas as mudanças tecnológicas das últimas décadas, há pouco tempo se fala efetivamente da utilização do orçamento empresarial dentro das organizações como uma ferramenta para tomada de decisão, sendo que muitas ainda sentem dificuldades na implantação, manutenção e análise das informações.

Portanto, esta pesquisa visa descrever sobre o orçamento empresarial, apontando brevemente seu conceito e importância.

2 ORÇAMENTO EMPRESARIAL

O orçamento empresarial é uma ferramenta importante de gestão, que além de demonstrar e apresentar as projeções futuras auxilia nas tomadas de decisões e orienta qual o caminho para a empresa alcançar seus objetivos e metas.

De acordo com Cremonezzi et al (2014, p. 2):

O orçamento é um instrumento fundamental para a empresa, independente de seu porte e ramo de atividade, pois é um plano estratégico que estabelece metas para um determinado período, conduzindo a empresa aos seus objetivos. Quando uma empresa opta por elaborar um orçamento, além do levantamento dos dados e agrupamento dos mesmos, é necessário um acompanhamento mensal das variações dos orçamentos.

Geralmente os orçamentos são realizados anualmente, com o intuito de projetar as receitas, gastos e investimentos para o ano seguinte, com base no histórico dos anos anteriores, sempre projetando os aumentos/reduções de receitas/despesas. Este orçamento nada mais é do que uma estimativa, podendo ser ultrapassado ou não alcançado, pois nunca serão números/valores exatos, por isto vale ressaltar a importância de manter um histórico para que seja possível a realização de orçamentos futuros com base nos resultados já alcançados.

Apesar do orçamento ser realizado anualmente, o acompanhamento deverá ser mensal, verificando sempre o Orçado x Realizado. Com isto a empresa consegue enxergar com mais clareza quais os pontos que deverão ser melhorados para gerar mais resultados, como por exemplo: no orçamento financeiro as Despesas Realizadas de determinado período ficaram acima do que as Despesas Orçadas, sendo que é importante verificar se o orçamento foi realizado dentro da realidade da empresa, considerando suas oscilações, ou se estas despesas realmente aumentaram por algum motivo que precisa ser “investigado” pela organização. Com base nestas informações, os gestores conseguem identificar quais ações e medidas serão necessárias para melhorarem seus resultados.

Quando a empresa adota o orçamento como uma ferramenta de gestão, ela consegue enxergar onde está sendo investidos seus recursos, e o que pode ser melhorado para maior geração de resultados, o que pode ser o diferencial no mercado competitivo.

É importante também que antes mesmo da organização definir toda a questão “matemática” do orçamento, ela tenha definido qual seu planejamento a curto e longo prazo, realizando um planejamento estratégico, identificando seus pontos fortes e fracos, as ameaças e oportunidades, as variações internas e externas, a avaliação do seu concorrente e também do seu cliente, fazendo com que o planejamento estratégico e o orçamento caminhem juntos.

Com isto, a empresa também precisa separar cada departamento, seja de marketing, vendas, recursos humanos, produção, estoque, etc., para gerar individualmente suas projeções/orçamentos, sejam em valores ou em números, sempre com o intuito de estabelecer metas a serem alcançadas, pois isto gera mais motivação e empenho de todos da equipe e também geram índices para comparações  e análise entre Orçado x Realizado.

Com o planejamento estratégico e o orçamento realizados, a organização pode gerar diversos relatórios para análises, dentre eles, o Fluxo de Caixa, o Demonstrativo de Resultado do Exercício, o Balanço Patrimonial, entre outros. Todos estes demonstrativos auxiliam na tomada de decisão dos gestores, que a partir disto conseguem enxergar o seu produto, o seu preço, o seu custo, a sua receita, e comparar com o mercado, conseguindo identificar seus gargalos, e gerar ações para a redução de custos e otimização das receitas, tornando-se assim, mais competitivos no mercado.

3 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Através da pesquisa realizada, observou-se a importância da implantação e análise do orçamento empresarial dentro de uma organização, o qual traz a ela, maior confiança nos dados apresentados, sendo possível a tomada de decisão com base nos valores e dados gerados pelo orçamento, com o intuito de otimização dos resultados.

REFERÊNCIAS

 

Site Treasy Planejamento e Controladoria On-Line  – O que é Orçamento Empresarial?

http://www.treasy.com.br/blog/orcamento-empresarial – 19.05.2013. Acesso em 26 de setembro de 2014.

CREMONEZZI, Aleandra Alves. SILVA, Aline Barreira da. SILVA, Jessica Candido da. SILVA, Taianne Cristina Russafa. FEITAL, João Carlos de Campos. Orçamento Empresarial: uma reunião teórica.

http://fgh.escoladenegocios.info/revistaalumni/artigos/Artigo_Alunas%20CC.pdf. Acesso em 26 de setembro de 2014.

[1] Pós Graduada no curso de Gestão Financeira e de Custos, do Grupo Uniasselvi – Fameg e integrante da equipe Piazera, Hertel, Manske & Pacher Advogados Associados.

CategoryArtigos
        

© 2020 por Puxavante

PHMP Advogados OAB/SC 1.029

logo-footer

47 3084 4100

Rua Olívio Domingos Brugnago, 125

Vila Nova - CEP 89.259-260 - Jaraguá do Sul - SC